HP sobre HÉRNIA-DISCO.  DR. Gilberto entrevistado em emissoras de T.V.Dr.Gilberto entrevistado
em vários programas de T.V.
hernia-disco

HÉRNIA DE DISCO - ABAULAMENTO - PROTUSÃO DISCAL

Atendimento Telefônico: 2959-7582 de Segunda a Quinta das 11:00h às 19:30h

R. Emb. João N. da Fontoura, 242 - Santana - SP

SEGUNDAS e QUARTAS das 15:00h às 19:30h

MAPA
AGENDAR CONSULTA

Av. Paulista, 1471 Cj. 1516 - Planalto Paulista - SP

TERÇAS e QUINTAS das 13:00h às 19:30h

MAPA
AGENDAR CONSULTA

Falarei sobre o funcionamento nervoso para entendimento da hérnia de disco.

Existem milhares de nervos que percorrem nosso organismo. Estes nervos ligam nosso cérebro a todas as partes do corpo.

Quando precisamos movimentar a perna, primeiramente pensamos no movimento e o impulso nervoso percorre, de forma instantânea, a trajetória dos neurônios até a musculatura da perna.

Estes nervos percorrem a parte interna da nossa coluna, saindo dela através dos espaços entre as vértebras, os quais são preenchidos por um disco cartilaginoso.

Os discos tem a função de propiciar espaços entre as vértebras para a passagem dos nervos, isto quando não são acometidos de hérnia de disco.

Quando não existem alterações nos discos, como por exemplo uma hérnia de disco, protusão ou abaulamento, não há compressão de raízes nervosas, assim sendo há dor e nem parestesia (formigamento).

Os direitos autorais sobre a hp hérnia de disco, dor nas costas, ciático são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

coluna sem hernia de disco
HÉRNIA-DISCO COM COMPRESSÃO DO CANAL MEDULAR

Todavia, com a existência de hernia de disco, os nervos locais são comprimidos. Veja nas Figs. 1, 1a e 1b.

Esta compressão, causada pela hérnia de disco, causará dor e outros sintomas.

HERNIA-DISCO

SINTOMAS CAUSADOS DEVIDO HÉRNIA DE DISCO, PROTUSÃO OU ABAULAMENTO

Para um perfeito entendimento de como a hérnia de disco causa as dores e formigamentos, veja o video acima.

Os sintomas causados pela compressão (pinçamento) de alguns nervos devido a hérnia de disco são:

Dores na região da coluna;

Dores na região da coluna e pernas (e/ou coxa);

Dores somente nas pernas (e/ou coxa);

Dores na coluna e braços;

Dores somente nos braços;

Parestesia (formigamento) na região da coxa e perna, sem dor e etc.

Existe, também, a hérnia de disco assintomática (sem dor nem parestesia).

Os direitos autorais sobre a hp hérnia de disco, dor nas costas, ciático são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

HÉRNIA-DISCO L4, L5 E SACRO

Os sintomas são determinados pela região onde esta localizada a hérnia de disco na coluna, ou seja,.dependendo de qual nervo a hérnia de disco esteja pinçando, haverá determinado sintoma.

Dermátomos são áreas da pele com nervos que possuem raízes na coluna vertebral. Estes dermátomos mapeam nosso corpo e são originários de uma região específica da coluna.

Exemplificando: na Fig. 2 observamos os locais de irradiação da dor ou formigamento devido a hérnia de disco.

Nesta fig. 2 a regiaõ pintada de vermelho corresponde ao trajeto da dor/formigamento, causada devido ao pinçamento pela hérnia de disco.

Na Fig. 3 estão representados todos os dermátomos que poderão ser afetados devido a hérnia de disco..

A ocorrência de dor ou o formigamento de determinadas regiões do corpo, estão relacionadas diretamente com a altura da coluna que está sendo pinçada devido hérnia de disco, conforme exemplificado na Fig. 3

Seguem-se outros exemplos de regiões acometidas pela hénia de disco:

Hérnia de disco localizada em S1, produzirá sintomas que afetarão a parte posterior da coxa e perna e nádegas.

Hérnia de disco se localizada em L1, repercutirá em dores na região lombar e até a virilha.

Quando a hérnia de disco se localiza em C6, ocorrerão dores ou formigamento na região cervical (sensação de peso) assim como no braço do lado da região afetada pela hérnia de disco.

Hénia de disco localizada em C2, ocorrerão dores na região da nuca que poderão ocasionar fortes dores de cabeça (chamada muitas vezes de enxaqueca).

Comumente recebo em meu consultório, pessoas sofrendo de enxaqueca durante vários anos, as quais recorreram a diversos tratamentos e dietas, sem sucesso.

Ao mencionar para os pacientes há hipótese de que a dor, a qual sentem pode ser provocada devido ao pinçamento de algum nervo localizado na cervical, a maioria age com espanto, somente passam a acreditar quando sentem alívio após o tratamento, livrando-se da causa que originou o pinçamento do nervo em questão (hérnia de disco ou pinçamento por osteófitos).

Comumente os pacientes se queixam de dor no peito (na região do coração – angina) que se irradia para o braço. Devido a esta dor, o paciente chega a acreditar que esta com problemas cardíacos (hipótese descartada mediante a exames solicitados através de seu cardiologista), quando na verdade a dor é decorrente da compressão na região dorsal, causada pela hérnia de disco ou não.

Os direitos autorais sobre a hp hérnia de disco, dor nas costas, ciático são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

HÉRNIA-DISCO E DERMÁTOMOS

FATORES CAUSADORES DA HÉRNIA DE DISCO

HÉRNIA-DISCO CAUSADA POR DESALINHAMENTO DAS VERTEBRAS

HÉRNIA DE DISCO POR DESALINHAMENTO

São diversas as causas da hérnia de disco, de um modo geral é decorrente de sobrecarga de esforço sobre o disco.

Tomemos como exemplo um paciente que sofre de escoliose, Fig. 5 (veja sobre escoliose) o qual realiza certo esforço físico de maneira inadequada, ou seja, sem considerar a devida ergonomia. Com o passar do tempo isto poderá acarretar uma protusão no disco que indubitavelmente o levará a ser acometido de uma hérnia de disco.

Os discos são submetidos a esforços perpendiculares dia após dia, decorrente da força da gravidade sobre nossa postura ortostática. Além disto, existe a compressão de duas vértebras não paralelas entre si devido ao sobreesforço em um dos lados.
Vide Fig. 4.

Com isto o disco é empurrado lateralmente em sentido oposto da compressão, originando uma protusão e, mais tarde evoluindo para uma hérnia de disco.

ESCOLIOSE PODENDO CAUSAR HÉRNIA DE DISCO

POSTURA E HÉRNIA DE DISCO, PROTUSÃO OU ABAULAMENTO

As pessoas costumam passar muito tempo sentadas de maneira errada, ou seja, negligenciando sua postura e assim acabam por desenvolver uma hérnia de disco em decorrência desta má postura.

Ao executar exercícios sem a orientação de um profissional, inúmeras vezes as pessoas o fazem de maneira errada, e o que é pior na ânsia de obter o corpo desejado de forma rápida, a exemplo dos praticantes de musculação, ultrapassam os limites de carga e conseqüentemente desenvolvem uma hérnia de disco.

Durante o cotidiano pode se adquirir uma hérnia de disco pelo simples fato de carregarem peso de maneira errada, como por exemplo, em afazeres domésticos, arrastar mobília, carregar bolsas e sacolas de maneira errada e etc.

HÉRNIA DE DISCO E STRESS

Fatores emocionais provocam hérnia de disco.

Pessoas que passam longos períodos sobre grande tensão gerando estresse acabam por contrair a região da coluna, perdurando estes sintomas podem comprimir de forma perigosa os discos causando a hérnia.

Estudioso do assunto o Dr. Wilhelm Reich (1896 – 1957) denominou de couraças os músculos que percorrem a coluna e seguram as vértebras, umas sobre as outras. Contrações dos músculos paravertebrais devido ao incessante stress comprimem os discos, aumentando as chances de desenvolver hérnia de disco.

Citamos apenas alguns exemplos de fatores dentre vários, que podem causar hérnia de disco.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO PARA HÉRNIA DE DISCO, PROTUSÃO E ABAULAMENTO

A gravidade da hérnia de disco esta intrinsecamente relacionada ao momento em que o paciente sentirá o alívio das dores.

Pacientes com hérnia de disco de maior grau sentem alívio de suas dores após várias sessões, ao contrário, pacientes com abaulamento ou protusão poderão sentir algum conforto de suas dores já no início do tratamento.

O tamanho da hérnia de disco esta intimamente relacionada a seus sintomas, ou seja, quanto menor, menos será o pinçamento das raízes nervosas e conseqüentemente menos sintomas.

Como resultado do tratamento aos poucos ocorre a diminuição da dimensão da hérnia de disco, abaulamento ou protusão em decorrência disto a dor e o formigamento também diminuem.

O tratamento completo da hérnia de disco pode demandar alguns meses, porém o paciente poderá sentir alívio das dores após a primeira sessão.

Os direitos autorais sobre a hp hérnia de disco, dor nas costas, ciático são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

PREVENÇÃO CONTRA HÉRNIA DE DISCO ATRAVÉS DE CUIDADOS POSTURAIS

A postura correta dificulta o desenvolvimento da hérnia de disco. Abaixo menciono algumas maneiras que o ajudaram em seu dia-a-dia a manter uma melhor postura.

Quando transportamos algo ou algum objeto, devemos distribuir o peso de maneira uniforme para ambos os braços, ou melhor, carregá-lo através de uma mochila que deverá estar presa às costas.

Quando caminhamos devemos conservar a cabeça erguida, olhar sempre para frente e nunca para baixo, de maneira que o pescoço permaneça reto e o peso da cabeça se divida de forma idêntica para toda a coluna, ombros deverão ser permanecer em linha reta. Deve-se empurrar um pouco a pélvis para a frente contraindo –se levemente a barriga.

Evite usar sapatos com saltos altos durante sua caminhada.

Ao sentir dores nas costas após ficar em pé por uma longa jornada, deve-se agachar sobre as pernas de modo a alongar os músculos da coluna lombar.

Ao sentar a coluna deverá permanecer ereta, assim impedimos dores nas costas. A altura ideal para uma mesa de trabalho é aquela em que não somos obrigados a nos inclinar seja para frente ou para trás para nos sentirmos confortáveis. A cadeira deverá conter uma leve curvatura pra trás de modo a acomodar a coluna lombar e permitir regular a altura de modo que os pés possam atingir o chão.

Pessoas que costumam ler por longos períodos deverão repousar o livro sobre a mesa e os que permanecem muito tempo diante do computador, o monitor deverá ter sua altura ajustada de maneira a conservar sua cabeça em posição confortável em linha reta.

De qualquer forma, pessoas que permanecem em uma mesma posição durante longos períodos, recomendam-se pausas regulares para descanso, onde se deve levantar, andar, esticar os braços e curvar as costas para frente.

Por fim, não devemos esquecer-nos de dobrar os joelhos quando levantamos objetos pesados, erguendo-os colados ao corpo, pois isto faz com que os músculos das pernas sejam utilizados minimizando os efeitos prejudiciais a coluna vertebral.

Atividades físicas de forma moderadas são bem vindas como caminhada, natação, alongar e exercícios terapêuticos.

MAIS DETALHES VIDE A PÁGINA PREVENÇÃO DE DOR NAS COSTAS


R. Embaixador. João N. da Fontoura, 242 - Santana - SP

SEGUNDAS e QUARTAS das 15:00h às 19:30h

MAPA

Av. Paulista, 1471 Cj. 1516 - Planalto Paulista - SP

TERÇAS e QUINTAS das 13:00h às 19:30h

MAPA

Valid XHTML 1.0 Strict

Valid XHTML 1.0 Strict